Parceiros

IST-MARETEC

O Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade Técnica de Lisboa é a maior Escola de Engenharia em Portugal. Tem cerca de 7000 estudantes e 2000 alunos formados. As actividades de investigação no IST são organizadas em Centros de Investigação e Instituições. O MARETEC é um centro de investigação multidisciplinar do IST (www.maretec.mohid.comwww.mohid.com ).

O MARETEC foca-se no estudo da hidrodinâmica e sua a aplicação em ambiente aquático. É dada prioridade aos projectos interdisciplinares envolvendo a qualidade da água, ecologia e transporte de sedimentos. O MARETEC tem cerca de 18 investigadores que se dedicam a estas áreas. A modelação ambiental no MARETEC teve início nos anos 80 com o desenvolvimento de modelos hidrodinâmicos baseados nas equações de águas pouco profundas e a sua aplicação à hidrodinâmica costeira e oceânica. Com o aumento das capacidades dos computadores e do conhecimento foram desenvolvidos modelos mais genéricos e integrados. No final da década de noventa, beneficiando dos novos ambientes de desenvolvimento dos software todos os modelos foram reprogramadas usando técnicas orientadas a objectos e integrados num sistema modular (MOHID), que actualmente é utilizado em Portugal e no estrangeiro. O sistema foi aplicado para simular o caudal dos rios / reservatórios, no solo e nas zonas costeiras (estas foram as primeiras a serem consideradas).

DEIMOS ENGENHARIA

A Deimos Engenharia é uma empresa Portuguesa de Engenharia Aeroespacial, que concebe e desenvolve sistemas espaciais avançados. A Deimos Engenharia foi premiada com mais de cinquenta contratos da indústria espacial na ESA ESTEC, ESOC, ESAC, e ESRIN, perscrutando todas as actividades da empresa no sector espacial. A actividade empresarial está focalizada em design de sistemas de engenharia, no desenvolvimento e/ou validação de sistemas operacionais de software, nas áreas de Análise de Missão, Engenharia de Sistemas Espaciais e Sistemas de Segmento de Terra. Actualmente a empresa emprega cerca de 40 engenheiros, principalmente nas áreas de Engenharia Aeroespacial, Física, Matemática e Software. 30% dos engenheiros têm mestrado ou doutoramentos nas áreas afins.

Desde 2006, todo o grupo de empresas DEIMOS tem vindo a trabalhar em conjunto para a criação de um completo sistema “End-to-End Earth Observation”, sob a liderança da Deimos Imaging (CMS), que foi co-fundada pela DEIMOS Space SL e LATUV (“Laboratorio de Teledetección” da Universidade de Valladolid). O primeiro satélite de observação da Terra do Grupo, DEIMOS -1, é lançado a Julho de 2010. As actividades relacionadas com o sistema incluem o desenvolvimento e as operações do Espaço, Solo e parcelas dos utilizadores, incluindo aplicações e serviços comerciais baseados nos dados da observação da Terra. A carga do DEIMOS -1 será uma câmara óptica com 3 bandas (IV próximo, vermelho e verde) com alta resolução (20 m) e ampla faixa (620 km). A nave espacial DEIMOS será integrada na constelação DMC existente.